quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Você e eu, nós dois e o amor.


 

Eu me pego no flagra vez por outra pensando em você
imaginando como seria se não fosse como é
como seria se você ficasse de vez comigo
e esquecesse esse medo de amar de se envolver novamente com uma pessoa...
o admiro e isso pode me fazer te amar.
Assim me sinto quando estou diante do seu olhar, sinto-me amada
mesmo sendo apenas meu amigo, se um dia nada do que sonho ou imagino
acontecer ainda assim serei feliz, eu saberei que muito te amei e que muito fui amada.
Seu olhar me faz sorrir, me faz querer teu abraço, te proteger, querer te amar.
É exatamente isso que quero, te amar.
Deixe-se abandonar em meu abraço, envolva-se, oportunize-se, deixe ser amado, mas não retire de sua vida talvez a única e última oportunidade de provar do amor, de construir um único sentimento.
Você e eu, nós dois e o amor.
Não te prometo nada além dele, te prometo amor, quero fazer-te feliz, te dar motivos pra sonhar e ser feliz na nossa realidade.
Você está presente em cada sorriso, em cada alegria, em cada brilho no olhar, enfim és a razão de todos eles.
                            Texto -Sandra Nóbrega

Nenhum comentário:

Postar um comentário