sábado, 15 de junho de 2013

Tem dias...

Tem dia que agente sente falta de abraços que nunca sentiu
 de amores nunca amados
de sorrisos nunca dados, é, tem dia que agente quer aquela pessoa ao nosso lado...
quer ver pelo menos o sorriso, um olhar direcionado a nós, agente pensa em futuro sem ainda haver um presente
constrói castelos, inventamos príncipes encantados
mas esquecemos que os príncipes não existem
 e que os castelos serão na realidades qualquer casa
 aconchegante ou até mesmo um simples abraço.
Tem dias que agente pensa tanto que a realidade deixa de ser vivida, o natural é esquecido e vamos até o sobrenatural...
 dias em que verdades são mentiras, e mentiras se transformam em ''verdades''.
Há dias que sonha, em outros somos acordados por realidades brutais, tristes...
Há dias que somos tudo e outros que não somos quase nada.
Há dias que amamos intensamente, perdoamos, vivemos a dor do outro e nem percebe nossas próprias  tristezas, e esses dias, ah esses dias eu queriam que eles fossem eternos, seriamos tão felizes
Mas estou eu ai, nessa que poderíamos ser assim ou não, é eu acho que estou sonhando de novo, apenas sonhando, e sonhando eu vou vivendo, e vivendo eu vou procurando ser simplesmente feliz, na minha humanidade, fragilidade, as vezes certa, outras vezes não, mas eu sigo em frente, viver é preciso e superar-se é essencial.
Vivamos intensamente, sejamos felizes não importa o tempo.

Texto-Sandra Nóbrega


Nenhum comentário:

Postar um comentário