domingo, 13 de julho de 2014

Vivendo de esperas

Chegou o momento que não sei até onde vou aguentar te ver com outra, sacrificando o amor que sentimos...dói não te ver, não te ter... dói não ser sua. Ainda me resta um pouco expectativa e paciência, mas sinceramente não sei até onde irei. A saudade me consome dia a dia, e eu não tenho certeza da sua volta, o que me deixa mais triste ainda. Mas se te espero hà tantos anos, ainda esperarei um pouco mais. Não demore tanto assim, pode ser que na sua chegada um outro já tenha tomado seu lugar... por enquanto ainda vivo nessa espera...

Nenhum comentário:

Postar um comentário